28 abril 2016

Jhana #03

Diálogos 

Eu conheço teu corpo

deslizando calmamente em todo vão das tuas dobras
esquinas sublevações inconstantes de armas e rosas e lírios
de febre, de febre de fluxos que queimam
quero te engolir
faz amor comigo poemas fluxos sanguíneos
faz amor comigo versos líricas escárnios
faz amor comigo tormentas desilusões
faz comigo amor invenção simulacro duplos
faz, amor.

O terreno das impressões é precário

MASNAVI