25 julho 2014

Da felicidade possível

- Caderno 01

Renascer sob a luz da manhã
Em crescente tons de amarelo
Aguçar os sentidos do corpo
Sob o olhar do mistério.

Entardecer suavemente na terra
Deixando-se-ir brevemente,
Bravamente.

Para florescer amor ao anoitecer
Em um toque tranquilo de inverno
O devir de morrer em perdição
E sobreviver a suave entrega

Eis-me aqui, querida vida.
Quero-lhe acariciar os cabelos
Quero gerir teus frutos sagrados
Quero estar aqui. E aqui.

CASTRO