16 janeiro 2014

Poema da Despedida #14

Sei o que espero. Não sei o que espera. Na dúvida, eu amo. Na certeza, eu amo. Quando me faltam palavras, eu amo. Quando me falta o chão, eu amo. Quando incompleto, clamo por mais. Quando completo, desejo.