13 julho 2011

Venezianas


Recebo tua pele,
todo corpo
E te transformo em suporte
solitário 
das minhas fantasias

Multiplico-lhe em diversos tons
Ouço a voz, em teus gemidos
Confundo-te com as sombras
Que habita meus sentidos

Sem o sangue,
Sou o couro
Cubro sua carne como
Um touro

E te faço o suporte
De todos meus desejos. MASNAVI