28 julho 2011

"Pra você que amou, amou até o fim; não essa coisa que se esquece com outro, falo de amor pra foder com tudo, veneno em óleo fervente. Pra você que tem quelóides de fogo, marca sagrada e estúpida. Pra você que amou assim, eu continuo sem piedade nos rins. Filtro um terço do rio, o resto tomba pelo meio das costas, cai na bacia, represo. Vou pra casa do caralho, onde o pau sou eu, alargando a carótida com lança de bronze. Bronzeada. Na beira. No fim." - do livro Nego Tudo


27 julho 2011

A música do mar

"E mesmo assim, queria te perguntar,
Se você tem ai contigo alguma coisa pra me dar,
Se tem espaço de sobra no seu coração.
Quer levar minha bagagem ou não?" Tiê - Dois

Doce brisa
Assopra o mar
Nina as ondas
Sem parar

Leva e trás
A estação

Repousa a lua
Na escuridão
Aquece estrelas
Na imensidão

Coloca os peixes
para sonhar
recolhe as sombras,
devagar

Leva meu barco
Para todo lugar
Acolhido,
No infinito da criação.MASNAVI

13 julho 2011

Persianas



O corpo se desfaz da fantasia
Perfuma sua alma em alegria
Transborda o mel fértil de suas flores
Vê-se multiplicando
Em mais amores

Simplicidade desta vida mediana
Cala esta mão, que não mais chama
Sente dissipar todos seus medos
Abraça suaves cores
Do seu segredo.

E é livre.
Porque ama gentilmente. MASNAVI

Venezianas


Recebo tua pele,
todo corpo
E te transformo em suporte
solitário 
das minhas fantasias

Multiplico-lhe em diversos tons
Ouço a voz, em teus gemidos
Confundo-te com as sombras
Que habita meus sentidos

Sem o sangue,
Sou o couro
Cubro sua carne como
Um touro

E te faço o suporte
De todos meus desejos. MASNAVI