20 junho 2011

Carioca


Venha aqui perto
Beber do meu vinho sagrado
derramando da minha vulva
pedinte
meu liquído calado

embebeda-te do gozo
mata sua sede
no meu suor
corrente
e penetra minhas entranhas
com força
fundindo-me no teu falo
feminino falo
suave e quente

faça-me transbordar,
escorrer
faça-me gemido
alivia-me o desejo
a vontade
de lhe-ter.

MASNAVI