04 maio 2011

Brasília


Céu de Brasília,
Pintura de arquitetos
Brisa doce que cala o frio
Tempo bom, de encontrar abrigo

Em cada canto de largas avenidas
Lindas árvores, sempre floridas
Monumentos sensuais, de belas curvas
Moças bonitas, cantando doçuras

Ah, só esses sorrisos para coroar meu lar
Sou meu abrigo, em todo lugar
E bem acolhido, hei de provar
As frutas mais lindas
Do Cerrado ou do mar. 

MASNAVI