28 abril 2011

Catarina, a Bela


Ela tinha polpa e circunstância
Ela tinha leveza e também a dança
Era um bicho solto, trazendo abastança
Era a alma calada e também esperança

Tinha vestido da cor de nanquim
Rodopiava bonito, feito arlequim
Perfume florido, cheirando a Jasmim
Era pequena, flor de jardim

Trazia afagos e cestas de doces
Trazia canções e muitos acordes
Preenchia o tempo de tantos sorrisos
era a bela, princesa da tribo. 

MASNAVI