27 janeiro 2011

Temporalidade

Enfeites de ouro
Cintilam brilhantes
Minhas vestes perdidas
Como diamantes.

Ainda que parte de mim
seja Nada
Quando Somos
Comungamo-nos ao Todo
de sombra e de luz

Inevitável não fundir-se
às estrelas
transformando-se em alma
líquida
derramando-nos, desfazendo-nos
Sumindo no ar.

E a vida é o simulacro
Deste Existir.

MASNAVI