13 abril 2010

Relembrando Camus

Essa nostalgia da unidade; esse apetite de absoluto ilustra o movimento essencial do drama humano.