26 outubro 2009

Viver morrendo

Quando morre as estrelas
O que sobra lá no céu?
Sendo a vida, o presente
sobra nuvens, de papel

Que se faça luz
No mundo
Para que eu viva-eterna

Precisamos evoluir.
O resto é pó.

(E o tempo se perde)

MASNAVI