02 agosto 2009

Safo - Fragmentos

O amor, esse ser invencível, doce e sublime
que desata os membros, de novo me socorre.
Ele agita meu espírito como a avalanche
sacode monte abaixo as encostas. Lutar
contra o amor é impossível, pois como uma
criança faz ao ver sua mãe,
vôo para ele.
Minha alma está dividida: algo a detém aqui,
mas algo diz a ela para no amor viver..
.